Para além do património histórico da Freguesia do Sado a localidade possui ainda um valioso património natural.

Na freguesia existem santuários de aves limícolas, aves adaptadas para recolher os seus alimentos em níveis de água muito baixos. Exemplos destas aves são os pilritos, maçaricos e alfaiates que se alimentam basicamente de crustáceos, larvas e outros, espécies abundantes nos sapais e salinas que lhes oferecem para além do alimento locais de abrigo propícios para a passagem do Inverno moderado característico do estuário, fugindo assim aos rigorosos invernos nórdicos.

Os flamingos e várias espécies de patos utilizam as condições da região para repousarem durante as suas migrações para África.

Uma espécie já rara é a águia sapeira que se alimenta de algumas das espécies anteriores e de outras perniciosas à população como os ratos, no que são acompanhadas pelos falcões pederneiros e corujas das torres.

Atualmente tem-se também registado um aumento significativo da população de lontras no Estuário do Sado em consequência do desenvolvimento da atividade aquícola.

Redes Sociais

Estamos presentes em várias Redes Sociais. Siga-nos e de-nos o seu feedback.

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter

Contactos

R. Cooperativa de Habitação da Sapec,
Quintinha do Meio, 2910-327 Setúbal

Tel 265 783 016

Fax 265 793 749

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Secretaria e atendimento

9h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00

Outros serviços

9h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00